Como escolher a melhor hospedagem de site

(Tempo de leitura: 3 - 6 minutos)

Precisa colocar o seu site, blog ou e-commerce no ar, mas não sabe como escolher a melhor hospedagem de site? Alguns detalhes precisam ser levados em conta ao buscar por este serviço, para contratar uma opção que atenda o seu negócio.

Além de se preocupar com a criação do site, a escolha de um bom layout e a produção de conteúdo de qualidade, o empreendedor ainda precisa decidir qual empresa contratar na hora de colocar o site online. As muitas opções na internet acabam confundindo o consumidor, que se vê perdido entre custos e funcionalidades que não conhece bem.

A melhor hospedagem de site para você vai depender do que o seu site precisa em relação a tráfego, segurança de dados, disponibilidade e outros itens relevantes.

Para facilitar, vamos explicar o que você precisa observar em uma empresa de hospedagem para obter o serviço que precisa e garantir que o seu site estará em boas mãos. Confira!

1. Priorize a segurança dos dados

Ao procurar uma plataforma para hospedar o seu site, você irá se deparar com várias opções de servidores: compartilhado, VPS, dedicado... Mas como escolher entre eles?

Como o próprio nome diz, ao contratar um servidor compartilhado, você estará dividindo-o com outros usuários, o que pode deixar os seus dados expostos a vazamentos e hackers. Já com um servidor dedicado, você tem o equipamento exclusivamente para o seu site, o que proporciona mais segurança às informações.

No meio termo entre compartilhado e dedicado, está o VPN, que nada mais é do que um servidor compartilhado virtualmente, porém em quantidade bem menor, tornando-o uma opção mais segura do que o servidor com hardware compartilhado. 

A empresa contratada também precisa oferecer um sistema de redundância e realizar backups constantes, para estar preparada caso ocorra algum problema com os seus dados hospedados.

2. Atente-se ao espaço de armazenamento

Por isso, a melhor hospedagem de site para você é a que oferece um armazenamento suficiente para o seu website. Confira as formas de definir quanto espaço contratar:

  • Tamanho: sites pequenos e médios raramente irão ultrapassar os 100 GB, por isso, contratar esse espaço pode ser suficiente. Apenas sites ou lojas virtuais com muito conteúdo multimídia podem necessitar de mais memória
  • Cálculo do espaço: com o site pronto, você pode calcular quanto armazenamento irá precisar. Mas o resultado pode ser impreciso e você nunca sabe quando precisará de mais.
  • Espaço em disco ilimitado: esta opção pode ser mais custosa, entretanto, é garantia de sempre ter espaço para expandir o seu negócio.

3. Velocidade de carregamento

Não é só na hora de subir o site que o serviço de hospedagem precisa ser considerado. Depois de colocado no ar, a página deve carregar rapidamente, para oferecer um bom atendimento aos usuários que o acessarem.

Outro motivo para se preocupar com a velocidade de carregamento é caso deseje otimizar o seu site para mecanismos de busca. Se ele for lento, dificilmente alcançará a primeira página do Google, pois a ferramenta prioriza páginas mais rápidas.

Leia também: Site lento? Veja 4 dicas importantes para melhorá-lo

4. Tráfego mensal

Cuidado com provedores de hospedagem que ofereçam limite de tráfego. É preciso garantir que o tráfego disponibilizado irá atender o volume de acessos que o seu site terá, especialmente se for um e-commerce. E com certeza o seu objetivo é sempre aumentar o tráfego, não é mesmo?

Sem contar que, caso o seu site ultrapasse a quantidade de acessos, uma empresa que limita a hospedagem pode cobrar a mais por visitas, ou pior, deixar de exibir o seu site na web.

Este é um dos itens que o servidor dedicado também irá ajudar, já que o modelo compartilhado divide a capacidade de processamento do servidor, o que reduz tanto a velocidade de carregamento quanto o limite de tráfego simultâneo.

5. Suporte é essencial na melhor hospedagem de site

Um dos pontos mais importantes em uma empresa de hospedagem é oferecer suporte técnico agilizado e em português. Já imaginou se o seu site cai e não tem ninguém para resolver o problema?

Uma bom serviço irá oferecer suporte 24 horas por dia, 7 dias da semana, com várias opções de contato, como chat e telefone. Isso é essencial para quem tem um negócio na internet e depende do site para vender, como um e-commerce. Um site fora do ar por horas ou até mesmo dias pode trazer um prejuízo enorme ao faturamento.

6. Qualidade da disponibilidade/Uptime

Quem pretende hospedar uma loja virtual ou site voltado para vendas deve ficar de olho no Uptime ofertado pela empresa de hospedagem. Este dado se refere ao tempo de disponibilidade de um servidor, a porcentagem do tempo que ele ficou no ar durante um ano. O ideal é que o Uptime não fique abaixo de 99,8%.

7. Recursos adicionais

Por último, é importante avaliar quais os recursos e módulos que serão instalados no seu site, pois alguns serviços de hospedagem podem não suportar ou não oferecer compatibilidade com estes itens.

Apesar de ter uma variedade de empresas de hospedagem de site com preços variados, não recomendamos que você opte por um serviço gratuito. O seu site é a casa da sua empresa online, você quer colocar o seu estabelecimento nas mãos de uma empresa não confiável?

Além de obter um serviço ruim, você fica exposto a indisponibilidades do servidor, não há garantias de backup dos dados e você não conta com suporte técnico para resolver eventuais problemas. Por essas e outras razões, uma hospedagem grátis é certeza de dor de cabeça para você e prejuízo para o seu negócio.

Preparado para escolher a melhor empresa de hospedagem de site? Fale conosco! A Agência Klens oferece serviço de hospedagem compartilhada, VPS ou dedicada com segurança, de acordo com o que a sua empresa precisa para marcar presença online. Entre em contato conosco!