Dicas de como produzir conteúdo com foco em SEO

(Tempo de leitura: 4 - 7 minutos)

Quer produzir textos para o seu site ou blog que coloquem a sua empresa nos primeiros resultados do Google? Tudo começa com a qualidade do conteúdo. Se atente a algumas técnicas de otimização e estruturação do texto que destacam o seu conteúdo.

Produzir um conteúdo otimizado se tornou essencial para empresas que investem no marketing digital, porque, através dele, se torna possível alcançar mais clientes em potencial e criar estratégias para que eles mesmos procurem pelo seu serviço ou produto, ao invés de bombardeá-los com propagandas, como era feito antes da era digital. Com o marketing de conteúdo, como um blog, você atrai consumidores mais instruídos a respeito do que procuram e mais propensos a fechar negócio.

A produção de textos com foco em SEO é parte importantíssima das técnicas de otimização de sites e blogs. Sem isso, a sua empresa pode usar todas as outras estratégias, mas ainda assim irá sofrer para chegar à primeira página do Google, o que irá tornar todas as outras técnicas inúteis: mais de 90% dos usuários clicam nos resultados da primeira página e nem chegam a visualizar as páginas seguintes.

Leia também: Google AdWords x Busca Orgânica: qual a melhor estratégia?

A seguir, selecionamos algumas dicas para produzir conteúdo com foco em SEO que passe nos requisitos do Google (e outros mecanismos de busca também, como o Bing) e não deixe de agradar também os usuários. Confira:

1. Defina os assuntos e conteúdos certos

Um dos primeiros passos para planejar conteúdo para o seu blog ou site é determinar que tipos de assuntos são relevantes para os seus clientes. Um bom texto com foco em SEO responde às dúvidas ou apresenta soluções para o problema que o usuário quer resolver ao procurar por aquela palavra-chave que o levou até você. Não adianta usar todas as técnicas corretas de otimização se o conteúdo não tiver nenhuma utilidade para o seu cliente ou relação com o seu negócio: as pessoas podem até chegar até o seu site, mas não irão se interessar por consumir o produto ou serviço da sua empresa.

Torna-se essencial fazer uma pesquisa de público-alvo e definir as Personas, ou seja, os seus consumidores ideais. O que eles procuram? Quais são as suas dores? Quais dúvidas eles possuem que possam levá-los a se interessarem pelo que você tem a oferecer? Definir o seu público também irá influenciar outros aspectos do texto, como a linguagem a ser utilizada, o tamanho do artigo, o uso de elementos como imagens e gráficos, dentre outros.

Criar um conteúdo com foco apenas nos robôs do Google e que não seja interessante nem útil ao usuário é dar um tiro no pé. O ideal é que você se preocupe com a experiência do usuário e em capturar a atenção do seu visitante e utilizar os truques de SEO para complementar o conteúdo, pois o Google irá levar isso em consideração.

2. Escolha uma boa palavra-chave

Como talvez você saiba, a palavra-chave é o termo pesquisado pelo usuário ao acessar o Google ou o Bing, por exemplo. É através dela que o mecanismo de busca irá determinar quais os melhores resultados para exibir. Por isso, você deve imaginar a importância de escolher a palavra-chave adequada.

À primeira vista, pode parecer simples: se eu quero vender sapatos, irei colocar minha palavra-chave como “comprar sapato”, certo? Mais ou menos. Se você parar para pensar, esse termo é amplo e genérico e pode ser muito difícil competir com empresas grandes de venda de sapato, que possuem muito dinheiro para investir nisso.

Já uma boa estratégia seria escolher um termo mais específico, que terá um menor volume de buscas, mas também não terá tanta concorrência. No caso citado acima, uma melhor escolha seria usar uma palavra como “sapatos esportivos em Curitiba” ou outro termo que direcione melhor o usuário.

Conheça 5 ferramentas de SEO que irão facilitar a sua vida.

É importante escolher apenas uma, no máximo duas palavras-chave para trabalhar em um texto, para reforçar qual é o termo que você deseja que seja ranqueado nos mecanismos de busca. Na hora de inseri-la no texto, tente colocá-la no título, no primeiro parágrafo, em intertítulos, se houver, e repetir a expressão ao menos três vezes ao longo do texto.

Não se esqueça de usar a palavra-chave de maneira natural no conteúdo. Nada de repeti-la várias vezes em um mesmo parágrafo de maneira que não faça muito sentido e acabe irritando o leitor. Além de proporcionar uma má experiência ao usuário, o Google irá perceber que você está tentando “forçar” aquele termo no texto e penalizar a sua página.

3. Planeje adequadamente a estrutura do texto

Depois de definir o seu público-alvo, escolher os assuntos a serem abordados e selecionar a palavra-chave, chegou a hora de escrever. O primeiro passo é planejar a estrutura do texto para proporcionar uma boa experiência de leitura e aplicar as técnicas de otimização.

Organize as informações em introdução, desenvolvimento e conclusão. Preferencialmente, acrescente cabeçalho e intertítulos, assim você deixa o texto mais fácil de ler e ajuda os mecanismos de busca a identificarem os tópicos abordados pelo artigo.

Planeje o número de caracteres e palavras levando em consideração o seu público, mas também o SEO. O Google prioriza textos mais longos, que tenham no mínimo 300 palavras. Porém, para que o visitante não fique cansado durante a leitura, é legal cuidar com textos que ultrapassem as 700 palavras: nestes casos, explique o assunto logo no começo e utilize o resto do texto para elaborar, sem deixar a informação crucial para o final. Em resumo, se o seu texto tiver em torno de 500 palavras, irá atender tanto as exigências do Google quanto a satisfação do leitor.

Acrescente hiperlinks ao longo do texto que levem a outros conteúdos do seu blog relacionados ao assunto abordado por você. Finalize o texto com uma chamada para a ação, que pode ser para a pessoa acompanhar o blog, ler outro texto ou redirecioná-la para o seu site para que ela saiba mais sobre os seus serviços e feche negócio.

Em resumo, produzir conteúdo com foco em SEO é, na verdade, um conteúdo que se preocupa com a experiência do leitor e traz algumas técnicas para facilitar ao Google que entenda sobre o que se trata o texto. Lembre-se de que você está, primeiramente, escrevendo para pessoas, e a satisfação delas com o seu conteúdo deve ser prioridade. Se você fizer isso, não há mecanismo de busca que não irá apreciar a sua página!

Saiba mais sobre SEO, produção de conteúdo e marketing digital. Acompanhe o blog da Agência Klens.