O que levar em conta na hora de escolher uma plataforma de e-commerce

(Reading time: 3 - 5 minutes)

Um dos momentos mais importantes quando se decide iniciar um negócio online com base em vendas, é escolher uma boa plataforma de e-commerce, pois essa plataforma terá uma importância enorme no desempenho da sua loja virtual e impactará principalmente as vendas.

 

É importante que você procure sempre escolher a sua plataforma de e-commerce pensando nas suas necessidades atuais, como também naquelas futuras em um cenário onde o seu negócio já está vendendo bem.

Mas o que levar em conta na hora de escolher essa plataforma?
Separamos algumas dicas essenciais para você!

O que considerar ao escolher uma boa plataforma para a sua loja virtual

1 - Veja quais são os planos disponíveis e os preços de cada um deles

Muitos não se atentam a este fator, mas um dos principais pontos a se levar em consideração ao escolher a sua plataforma de e-commerce, são os planos disponíveis e os preços de cada um deles.

Primeiramente, você precisa observar se aquela plataforma possui algum plano que se adequa a todas as necessidades que seu e-commerce exigirá.

Outro ponto importante é verificar se a plataforma conta com a possibilidade de escalabilidade entre os pacotes (downgrade e upgrade), o que é essencial para quem está começando todo um planejamento de criação de site focado em vendas online.

Além disso, é preciso verificar se os preços dos planos disponíveis cabem dentro do seu orçamento, esteja você iniciando agora seu e-commerce ou não.

2 - Veja se a plataforma possui uma boa usabilidade e uma boa velocidade

Primeiramente, é necessário entender até que ponto vai a usabilidade da plataforma, ou seja, se é fácil torná-la adaptável aos mais diversos dispositivos (se é responsiva) e se é fácil de personalizar, inclusive quanto aos menus, imagens, vídeos e navegação no geral.

Além disso, é preciso que você saiba qual a velocidade de navegação que a plataforma permite, pois ter uma loja virtual muito bem desenvolvida dentro de um servidor lento, pode fazer com que os usuários deixem de concluir as compras.

Uma boa forma de descobrir isso é pesquisando sobre a empresa que oferece a plataforma no Reclame Aqui. Verifique as principais reclamações da empresa que fornece a plataforma e evite resultados indesejáveis.

3 - Conheça os recursos básicos da plataforma

Outro ponto importantíssimo, é conhecer quais são os recursos básicos da plataforma de e-commerce que você pretende escolher.

Existem recursos que você com certeza vai precisar e outros que não. Isso também impactará nos custos finais do projeto da sua loja.

Assim, entre os recursos básicos que você deve analisar se estão presentes na plataforma podem ser citados:

  • Formas de envio - como frete personalizado, possibilidade de retirada em loja física e integração com os Correios e outras transportadoras;
  • Layout - se há layouts disponíveis para se realizar a personalização e aumentar as chances de conversões;
  • Promoções - se possui a funcionalidade de adicionar cupons de desconto, sistemas de e-mail marketing, popups e opt-ins para capturar leads, função de abandono de carrinho, compra sem registro no site, ou seja, tudo que irá ajudar a promover as vendas, etc.
  • Gateways de pagamento - é importantíssimo observar se a plataforma escolhida possui integração com os meios de pagamento mais conhecidos na internet, como é o caso do PagSeguro e do Mercado Pago, etc;
  • Suporte de qualidade - será que o suporte oferecido é de qualidade? É importante saber muito bem sobre isso, pois há empresas que deixam o cliente na mão por muito tempo quando há um problema emergencial no site. E na hora do desenvolvimento, você precisará contratar um Freelance Web Designer para desenvolver na plataforma ou poderá você sozinho criar sua loja sem precisar investir em terceiros?

4 - Análise de SEO da plataforma de e-commerce

O bom trabalho de SEO faz toda a diferença no tráfego e vendas dentro de um e-commerce.

Assim, quanto melhor for a otimização da sua loja para os mecanismos de buscas, maiores as chances de você vir a gerar tráfego orgânico para o seu negócio.

Isso ocorre quando a sua loja aparece nos primeiros resultados do Google, que é o principal buscador da internet nos tempos atuais. Garantindo cliques gratuitos para o seu site.

Dessa forma, você precisa escolher uma plataforma de e-commerce que esteja totalmente otimizada para SEO e seja “bem vista” pelos robôs do Google. Por isso, é importante ver as principais reclamações dos usuários destas plataformas, pois se uma plataforma contar com um código de programação muito “sujo” e bagunçado, pode ser que isso atrapalhe a posicionar no Google.

Conclusão

Como você viu, para quem pretende começar uma loja virtual, torna-se essencial o momento de escolha da plataforma de e-commerce a ser utilizada.

A escolha de uma plataforma sem qualidade irá afetar diretamente os resultados do seu negócio online, incluindo as taxas de conversão e isso resultará em investimentos em promoção desnecessários para cobrir uma falta que é da plataforma escolhida e não sua.

Neste texto, você pôde ver algumas dicas importantíssimas para se levar em consideração na hora da escolha da plataforma de e-commerce para seu negócio.

Gostou do artigo de hoje sobre o que levar em conta na hora de escolher uma plataforma de e-commerce?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários!